July 05, 2015

A revolução chegou

Julho começou, e com ele veio a notícia de que um robô agarrou e matou um funcionário da Volkswagen na Alemanha. O rapaz estava instalando a máquina na linha de produção quando o robô o prensou contra uma placa de metal.

A Volks jura que foi um erro humano na programação do robô. Já o Twitter explodiu quando uma repórter do Financial Times postou sobre o acidente. Seu nome? Sarah O’Connor, que nem a protagonista de uma série de cinema e TV bem famosa sobre robôs que controlam o mundo.

No mundo analógico, uma péssima notícia: o plástico-bolha ganhou uma repaginada e não vai dar para estourar as bolhinhas. Nãããããão!!!! Como vamos ficar sem aquela sensação tão deliciosa? E o pior é que é tudo culpa da indústria de tecnologia e nosso afã por entregas rápidas

A questão do Uber está quase virando seção fixa da news. Esta semana, a notícia foi a reação bizarra do secretário dos transportes de São Paulo que quer colocar a Polícia Militar para fazer tocaia contra motoristas do Uber (!) enquanto outros vereadores pedem uma regulamentação melhor do serviço. (No que a gente concorda 100%). Concordamos com o Bruno Ferrari na sua coluna para a revista Época: Uber não é cocaína. 

Para você mandar para seu conspirador favorito: Facebook supera mídia tradicional no faturamento com publicidade federal em 2014 e a Dilma passeia de carro automático do Google no Vale do Silício.

Esta semana também estreou o Apple Music, o serviço de streaming da Grande Maçã. No Brasil, ele vai custar U$5, a metade do valor dos EUA, para ser competitivo. Veja no Techtudo uma comparação de todos os serviços de streaming de musica disponíveis no Brasil. 

No Ada, a gente indicou alguns serviços bacanas para turbinar o seu gmail.

Para terminar, a Disney proibiu paus de selfie. Deixe o seu em casa quando for a Orlando. ;)


Um beijo,

Minas do Ada

PS: Ainda estamos lutando contra o gremlin, mas a gente ficou tão feliz de ver que muito mais gente leu a newsletter que nas semanas anteriores, e o feedback que vocês passaram foi ótimo! Nesse meio tempo, não esqueçam de adicionar o email adavcbr@gmail.com a seus contatos.

Se você recebeu a news por um amigo/a, assine aqui e receba as notícias do Ada