February 07, 2017

[drops #31] enquanto fizer sentido

- Colocar tanto peso sobre essa decisão só está te deixando mais ansiosa... Não é definitivo: se não for como você esperava, você volta. Nós estaremos aqui.


Isso foi o que um grande amigo me disse quando, há alguns anos, eu decidi realizar um sonho antigo e me mudar para Paris, de mala, cuia e coração nas mãos. Peguei um trabalho temporário para juntar dinheiro e, aproveitando que nada me prendia aqui no momento, achei que poderia inventar uma vida inteira novinha para mim, do jeito que eu quisesse. (Re)começar do zero. Eu tinha planos de ir para não mais voltar - mas era exatamente essa decisão assim tão "definitiva" que estava me enchendo de ansiedade e angústia. Até alguém que, apesar de próximo, não está preso na miopia daqueles que se encontram dentro da situação (neste caso, eu) para me puxar de volta à razão e lembrar que a gente sempre pode mudar de ideia. Voltar atrás. Refazer a trajetória. Reescrever nossa história.

Esta lição sempre me volta quando questiono alguma situação em que me encontro. Muitas vezes, vamos levando a vida no piloto automático porque, da maneira que as coisas se configuraram, parece não haver espaço para a reflexão. Percebo que, na verdade, fazer essa reflexão não surge nem como uma questão: estamos naquela zona de conforto, no quentinho seguro, e apenas nem consideramos dar um passo para trás para avaliar se aquilo ainda faz sentido na nossa vida. Nos arrastamos para um emprego que já não é mais satisfatório, guardamos rancor de alguém e deixamos um relacionamento ir se desfazendo pouco a pouco, nos acomodamos com algo que não nos representa mais... Vamos aos mesmos lugares, usamos as mesmas expressões, vestimos as mesmas roupas, contamos as mesmas histórias - sem nos darmos conta de que aquilo deixou de ser algo natural natural e orgânico, passou a ser mecânico.

 



"se você precisa forçar, deixa pra lá.
relacionamentos, amizades, rabo-de-cavalo...
apenas deixe."

- reyna biddy






Algumas semanas atrás, eu estava infeliz com algo que não conseguia definir exatamente o que era. Estava ansiosa, angustiada e forçando para continuar num caminho que escolhi há alguns meses. Até que, há uns dez dias, no meio de uma tarde agitada de sexta-feira, de repente percebi: "meu coração não está mais ali". É isso: não era mais natural porque aquilo não fazia mais sentido para mim. E, depois que a gente sabe de algo, não tem como "des-saber" - entendi que precisaria tomar uma decisão e mudar. 

A vida é dinâmica, estamos sempre em movimento. Eu não sou hoje a mesma pessoa que era ontem - como você também não é. Porém, nessa nossa agonia de responder demandas, entregar resultados e cumprir prazos; acabamos nos deixando atropelar, e esquecendo de olhar para dentro e perguntar: isso ainda faz sentido para mim? 

Nunca é tarde demais para ser quem a gente quer ser. Mudar exige sim uma boa dose de boa vontade, coragem e disciplina - para pavimentar novos hábitos, entender outros caminhos e buscar mais quereres. Mas nada é definitivo, e isso é muito mais bonito quando entendemos que tudo muda o tempo todo no mundo.

Com sorte, você percebe o quanto mudou e como acomodar esta nova pessoa que você se tornou - por uma vida que, na maior parte do tempo, seja repleta de sentido. E, de coração aberto, que a gente possa se permitir que este sentido seja assim: para sentir

"O senhor: mire, veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas - mas que elas vão sempre mudando. Afinam ou desafinam, verdade maior. É o que a vida me ensinou. Isso que me alegra montão." 
- João Guimarães Rosa, em 'Grande Sertão: Veredas'

 

drops inbox

exercício das pequenas coisas para deixar seu dia mais leve, bonito e colorido: 

um ótimo exercício de autoconhecimento pra gente entender onde está e aonde quer chegar é escrever um diárioaqui neste post da oficina de estilo, elas falam sobre algumas perguntas importantes para nos autoavaliarmos de tempos em tempos. este tipo de auto-observação, de nos perguntarmos se estamos felizes em determinada situação/relação, tem que ser tipo checkup médico: devemos fazer com frequência para promover insights e melhorar a qualidade das nossas relações (principalmente com a gente mesmo! :)



nem sempre quando algo parece não fazer mais tanto sentido na nossa vida é o caso de jogar tudo pro alto e arriscar algo novo: muitas vezes, só precisamos olhar de outra forma para a questão, ou entender se o que estamos sentindo é apenas cansaço mental - o que acaba impactando na satisfação que tiramos das atividades cotidianas. um texto ótimo que li há pouco tempo sobre isso e que faz uma baita reflexão em cima deste tema foi "não é tempo que falta, é energia!", na revista tpm - ajuda a colocarmos em perspectiva o que está na nossa vida no momento para, a partir daí, decidirmos o que (e se) precisamos mudar.


se você está pensando em fazer uma grande viagem este ano, mas acha que não terá dinheiro suficiente, um pouco de planejamento e força de vontade podem fazer toda diferença e tornar este sonho realidade: como ter férias em qualquer destino exótico, mesmo se você não pode bancar (tradução livre do inglês) traz um apanhado de dicas práticas para chegar a qualquer lugar para onde você queira viajar. e se o seu destino de viagem é alcançável, mas seu problema é algo tão mundano e pragmático como fazer a mala, este artigo do nexo traz 10 dicas rápidas para ajudar nesta tarefa e tirar mais uma preocupação da frente. 


o fato de eu receber queridos em casa com certa frequência me fez ter vontade de inovar não somente nos pratos, mas nas bebidas também! por isso, sempre que possível, ao invés de servir apenas um vinho, eu tento preparar algum drink diferente. dois que já foram muito sucesso por aqui são o clericot (maravilhoso no verão) e esse aqui da carolina ferraz (mas eu troquei o espumante normal pelo rosé e batizei de 'flamingo' - fica super pink! :) 
agora quero fazer a receita de 
limoncello caseiro para usar num drink super refrescante com água tônica. e, se você se empolgar, o nexo fez essa matéria ótima outro dia, recheada de dicas espertas. saúde!


 
até a próxima terça!

um grande beijo,
com amor






 
gostou desta cartinha e acha que pode ajudar alguém querido?
então compartilhe! compartilhar é multiplicar 
facebook :: pinterest